O Direito a ter Direitos

No dia 10 de Dezembro celebrou-se, uma vez mais, o Dia Internacional dos Direitos Humanos, com várias atividades interdisciplinares que visaram sensibilizar a comunidade escolar para a promoção da paz e o respeito do ser humano. Este trabalho foi desenvolvido pelas turmas dos 5.º, 7.º e 10.º anos, em articulação com as diferentes áreas curriculares.

            O projeto envolveu a montagem de um tsuru em origami, símbolo da Paz, pelas turmas do 5.º ano, a participação do 7.ºD com a atividade “Black and White”, de forma a sensibilizar para a não discriminação racial, a declamação do poema musicado “Lágrima de preta”, pela turma A do 10.º ano e a realização, pelo 10.ºB, da atividade “Um passo à frente” com a turma do 12.º ano.

A associação HELPO, Organização Não Governamental (ONG) para o Desenvolvimento, que tem projetos no âmbito da educação e nutrição infantil em Moçambique, S. Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e em Portugal, foi convidada para realizar uma palestra para os alunos de sétimo e nono ano. A representante da HELPO apresentou os projetos em curso no terreno e as formas de ajudar esta ONG.

Também se instalou uma exposição na sala de convívio dos alunos, com os trabalhos realizados pelas turmas dos 9.ºA e B, referentes ao tema “atentados à dignidade da Vida Humana”, e as turmas 10.ºA e B, em articulação com a área disciplinar de Português, realizaram os seus trabalhos tendo como base a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Este projeto culminou com a palestra proferida pelo professor Nuno Fadigas sobre a história da D.U.D.H., tendo como público-alvo as turmas do 10.º ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *